Enem

→ Exercícios de Gramática

Enem

Neste artigo, apresento para vocês uma lista com exercícios de gramática de diversos tipos. Você poderá navegar pela barra lateral para procurar um tipo de exercício específico ou seguir no artigo que traz divisões baseado em assuntos. Faça-os e confira em seguida o gabarito para saber como andam seus estudos e conhecimento sobre os assuntos tratados aqui.

Exercícios de concordância com gabarito

Abaixo você encontrará alguns exercícios de concordância com gabarito para você estudar e treinar para as provas que fará. A concordância é importantíssima não só na competência que se refere à norma culta no Enem, mas também quando falamos de coesão textual. Você pode aprender mais sobre concordância aqui. Por hora, resolva os exercícios e confira o gabarito depois.

1. Já ___ anos, ___ neste local árvores e flores. Hoje, só ___ ervas daninhas.

a) fazem, havia, existe
b) fazem, havia, existe
c) fazem, haviam, existem
d) faz, havia, existem
e) faz, havia, existe

Clique aqui para ver o gabarito

Alternativa d: faz, havia, existem.

2. (Cesgranrio) Tendo em vista as regras de concordância, assinale a opção em que a forma verbal está errada:

a) Existem na atualidade diferentes tipos de inseticidas prejudiciais à saúde do homem.
b) Podem provocar sérias lesões hepáticas, os defensivos agrícolas à base de DDT.
c) Faltam aos países subdesenvolvidos uma legislação mais rigorosa sobre os agrotóxicos.
d) Persistem por muito tempo no meio ambiente os efeitos nocivos dos inseticidas clorados.
e) Possuem elevado grau de toxidade os defensivos do tipo fosforado.

Clique aqui para ver o gabarito

Alternativa c: Faltam aos países subdesenvolvidos uma legislação mais rigorosa sobre os agrotóxicos.

3. (Fatec) Assinale a alternativa que completa corretamente as frases.

___ , entre analistas políticos, que, se o governo ___ essa política salarial e se o empresariado não ___ as perdas salariais ___ sérios problemas estruturais a serem resolvidos, e, quando os sindicatos ___ , estará instalado o caos total.

a) Comentam-se; manter; repor; haverão; intervierem.
b) Comenta-se; mantiver; repuser; haverão; intervirem.
c) Comenta-se; mantesse; repuser; haverão; intervierem.
d) Comenta-se; mantiver; repuser; haverá; intervierem.
e) Comentam-se; manter; repor; haverá; intervirem.

Clique aqui para ver o gabarito

Alternativa d: Comenta-se; mantiver; repuser; haverá; intervierem.

4. (Fundação Carlos Chagas) A ocorrência de interferências ___ -nos a concluir que ___ uma relação profunda entre homem e sociedade que os ___ mutuamente dependentes.

a) leva, existe, torna
b) levam, existe, tornam
c) levam, existem, tornam
d) levam, existem, torna
e) leva, existem, tornam

Clique aqui para ver o gabarito

Alternativa a: leva, existe, torna.

5. (FGV) Nas questões abaixo, ocorrem espaços vazios. Para preenchê-los, escolha um dos seguintes verbos: fazer, transpor, deter, ir. Utilize a forma verbal mais adequada.

a) Se ___ dias frios no inverno, talvez as coisas fossem diferentes.
b) Quando o cavalo ___ todos os obstáculos, a corrida terminará.
c) Se o cavalo ___ mais facilmente os obstáculos, alcançaria com mais folga a linha de chegada.
d) Se a equipe econômica não se ___ nos aspectos regionais e considerar os aspectos globais, a possibilidade de solução será maior.
e) Caso ela ___ ao jogo amanhã, deverá pagar antecipadamente o ingresso.

Clique aqui para ver o gabarito

a) fizessem.

b) transpuser.

c) transpusesse.

d) detiver.

e) vá.

6. (Fuvest) Indique a alternativa correta:

a) Tratavam-se de questões fundamentais.
b) Comprou-se terrenos no subúrbio.
c) Precisam-se de datilógrafas.
d) Reformam-se ternos.
e) Obedeceram-se aos severos regulamentos.

Clique aqui para ver o gabarito

Alternativa d: Reformam-se ternos.

7. (IFSP) Conversar pressupõe um diálogo produtivo entre as pessoas. Significa dizer que conversar é um processo cooperativo entre interlocutores.

Leia o texto abaixo, que representa uma conversa.

No trecho “a gente pode ter conversas literárias”, substituindo-se o sujeito por outro de primeira pessoa do plural, no tempo pretérito perfeito, o resultado é o seguinte:

a) podemos ter conversas literárias
b) podíamos ter conversas literárias
c) poderíamos ter conversas literárias
d) pudemos ter conversas literárias
e) pudéssemos ter conversas literárias

Clique aqui para ver o gabarito

Alternativa d: pudemos ter conversas literárias.

8. (Insper) “Troque o verbo ou feche a boca

Rita Lee cantava uma música que dizia “o resto que se exploda, feito Bomba H”. Será que na língua culta existe “exploda”? Explodir é verbo defectivo, ou seja, não tem conjugação completa. No presente do indicativo, deve-se conjugá-lo a partir da segunda pessoa do singular (tu explodes, ele explode etc.). Muita gente não sabe da existência dos defectivos e os “conjuga” em todas as pessoas.”

(Pasquale Cipro Neto, http://www1.folha.uol.com.br/fsp/1996/10/10/fovest/8.html)

A alternativa que exemplifica o que foi expresso no último período é

a) Houveram dificuldades na resolução da questão.
b) Ficaremos felizes se vocês mantiverem a calma.
c) É preciso fazer contas para que a prestação caiba no orçamento.
d) Empresário reavê judicialmente a posse de seu imóvel.
e) Polícia deteu quase 60 torcedores nas imediações do Morumbi.

Clique aqui para ver o gabarito

Alternativa d: Empresário reavê judicialmente a posse de seu imóvel.

9. (Mackenzie) As formas que completariam o período “Pagando parte de suas dívidas anteriores, o comerciante ___ novamente seu armazém, sem que se ___ com seus credores, para os quais voltou a merecer confiança”, seriam:

a) proveu, indispusesse
b) proviu, indispuzesse
c) proveio, indispuzesse
d) proveio, indispusesse
e) n.d.a.

Clique aqui para ver o gabarito

Alternativa a: proveu, indispusesse.

10. (PUC-RS) Asseguro a V.Sra. que não ___ incomodar com a elaboração dos testes; ___ ficar tranquilo.

a) precisa, se, pode
b) precisa, se, podes
c) precisas, te, podes
d) precisais, vos, podeis
e) precisa, vos, pode

Clique aqui para ver o gabarito

Alternativa a: precisa, se, pode.

→ Como fazer uma redação

Enem

Como você já sabe, dissertar é discutir assuntos, debater ideias, tecer opiniões, delimitando um tema dentro de uma questão ampla e defendendo um ponto de vista, por meio de argumentos ou justificativas convincentes.
Ao produzirmos textos dissertativos, colocamo-nos criticamente perante alguma dimensão da realidade e fundamentamos nossas ideias, explicitando os motivos pelos quais pensamos o que pensamos.
Dessa forma, notamos que aprender a dissertar equivale a aprender a pensar, a exercitar nossa capacidade crítica e questionadora de nós mesmos e do mundo, a defender opiniões próprias, num contexto de reflexão, discussão, debate.

É exatamente isso que o Enem espera de você.

Bem, ao mesmo tempo, o texto dissertativo apresenta um caráter essencialmente persuasivo. Ele tem o objetivo de convencer o leitor de que os pontos de vista defendidos são válidos e, para isso, utiliza argumentos que comprovam racionalmente esses pontos de vista, fundamentalmente por meio da estrutura clássica que conhecemos: introdução (delimitação do tema; apresentação do ponto de vista), desenvolvimento (argumentação) e conclusão (fecho, com reafirmação do ponto de vista).

Como fazer a delimitação do tema na redação?

“Época triste essa em que nós vivemos: é mais fácil quebrar a estrutura de um átomo do que a estrutura de um preconceito.”

Albert Einstein

Se você tivesse que escrever uma dissertação a partir dessa afirmação, como delimitaria o tema? Qual seria o assunto sobre o qual você argumentaria?
A primeira questão fundamental da atividade dissertativa consiste em identificar o tema a respeito do qual se vai escrever, com a maior exatidão possível.

Não se pode começar a escrever sem saber claramente sobre o que dissertar.

Para se desenvolver uma boa argumentação, antes é preciso compreender, contextualizar e definir o tema, isto é, o assunto a ser abordado. Quando se avalia um texto dissertativo, esse é o primeiro critério básico de correção, recebendo o nome de adequação ao tema. Essa era a primeira dificuldade que uma amiga tinha quando fez pela primeira vez o Enem. Foi aprendendo e aplicando algumas técnicas que ela conseguiu passar em 4 universidades federais.

Veja quais as técnicas que a Débora usou para ser aprovada em 4 universidades federais

Como não ficar em cima do muro na redação dissertativa

Não importa qual seja o tema da redação: o importante é definir um posicionamento diante do assunto. Esta é uma experiência de liberdade: todos os pontos de vista têm o mesmo valor. Mais importante que a posição tomada, no entanto, é a consistência de sua argumentação. Nesse sentido, o fundamental é assumir claramente um posicionamento.

Assim, de um modo geral, diante de uma proposta de dissertação, dispõe-se de três possibilidades de ponto de vista:

• Concordância: quando concordamos com a proposta.
• Discordância: quando pensamos de modo diferente do exposto na proposta.
• Concordância (e/ou discordância) parcial: quando concordamos com algum aspecto da proposta e discordamos de outro.

Um método muito funcional tanto para delimitar o tema quanto para verificar a posição que se vai assumir diante dele é transformar a proposta em pergunta e, em seguida, procurar a resposta que revele com precisão o ponto de vista adotado.

Siga essas dicas para montar sua argumentação

Eu já disse, e concordo com a Débora Ribs, que dissertar significa debater um tema – apresentar uma tese e encontrar argumentos para defendê-la. Se existe liberdade plena quanto à tese a ser defendida, isto é, quanto ao ponto de vista assumido, então é fundamental avaliar principalmente a capacidade de argumentação, de fundamentação do ponto de vista assumido, verificando a propriedade dos argumentos, a coerência, a clareza e a organização lógica das ideias.

A principal técnica de argumentação é aquela que utiliza o raciocínio lógico-causal, que investiga as causas e consequências daquilo que se afirma. São os porquês, as razões, os motivos que fundamentam,os nossos posicionamentos.

Numa dissertação curta, entre 20 e 35 linhas, uma” relação de causa-consequência pode ser suficiente para fundamentar nossa posição e organizar nosso texto.

Assim, continuando nossa sugestão de um método dissertativo, depois das perguntas qual o tema? e qual nossa opinião?, o passo seguinte seria perguntar por quê? A resposta será o eixo principal de nossa argumentação.

Aprenda a escrever uma redação nota 1000 em dez dias?




Essa é a proposta da Débora Ribs. Eu também achei bom demais para ser verdade, mas experimentei as dicas, vi os testemunhos de centenas de estudantes. Me rendi e aproveitei tudo que ela mostra num vídeo explicativo que você pode ver quando clicar no botão abaixo.

Como concluir a redação no Enem

O texto bem planejado conduz à conclusão e existem várias formas de finalizá-lo. Se a dissertação for bem planejada, com uma clara delimitação do tema, uma escolha consciente do ponto de vista a ser defendido e uma argumentação coerente com essa opinião, o texto conduzirá naturalmente à conclusão. Esse desfecho também faz parte do planejamento, pois é a confirmação da tese, encerrando o raciocínio lançado na introdução. Existe mais de uma maneira de concluir uma dissertação. A mais comum é a síntese das ideias apresentadas, para reafirmar o ponto de vista.

Conheça a seguir esse e outros recursos que funcionam muito bem na hora de fechar o texto dissertativo no vestibular e também no Enem.

SÍNTESE

O autor reapresenta as ideias do texto resumidamente, ou seja, sintetiza os argumentos para retomar e reafirmar a tese. É comum a presença de um elemento coesivo (assim, portanto, desse modo).

AGREGAÇÃO

O autor encerra o texto com uma ideia mais abrangente, que reúne os elementos apresentados no desenvolvimento.

PROPOSTA

O autor sugere uma ou mais soluções para o problema em discussão. Esta é a forma como o Enem pede que seja concluída a redação.

PERGUNTA

Uma indagação no fim do texto pode reforçar o ponto de vista do autor e estimular o questionamento por parte do leitor. A pergunta tem apenas uma função retórica.

SURPRESA

Um elemento inesperado contribui para ilustrar de maneira mais marcante o ponto de vista defendido. O autor pode recorrer a uma anedota, um trocadilho, uma citação ou uma construção original que, pelo caráter surpreendente, torna ainda mais forte o apelo do pensamento apresentado como conclusão.

Tudo que você precisa saber sobre o Enem → Leia abaixo

Saber ler e interpretar um texto adequadamente é condição essencial para qualquer pessoa obter sucesso na vida pessoal e profissional. Nos exames oficiais, como o Enem e o Vestibular, a interpretação de textos vem ocupando boa parte da prova e cumprindo, por isso, um papel decisivo no ingresso à universidade. Neste capítulo, você vai conhecer as competências que são avaliadas no exame do Enem e observar como elas são utilizadas nas questões de interpretação de textos.

O que é o Enem?

O Enem é um exame oferecido anualmente a estudantes que estão cursando ou já concluíram o ensino médio. Criado em 1998, contou, em sua primeira versão, com a participação de 157 mil inscritos; hoje, cerca de 3 milhões de estudantes participam do exame anualmente.
Aos poucos, o Enem ganhou projeção e reconhecimento nacional, principalmente porque a pontuação obtida pelos participantes serve como referência para o ingresso em algumas universidades ou passou a compor a nota final de alguns exames vestibulares. Além disso, a concessão de bolsas de estudo em universidades públicas ou em faculdades particulares está vinculada a resultados do Enem.

A avaliação no Enem

As provas do Enem não têm em vista avaliar se o aluno é capaz ou não de memorizar informações. Seu principal objetivo é avaliar se o aluno tem estruturas mentais desenvolvidas o suficiente para lhe possibilitar interpretar dados, pensar, tomar decisões adequadas, aplicar conhecimentos em situações concretas. E também se tem, na vida social, uma postura ética, cidadã.

Para aferir essas capacidades, o Enem avalia cinco competências que, segundo os idealizadores do exame, são importantes não apenas para a resolução de questões, mas para toda a vida. Mas o que são competências? Eis a explicação de Philippe Perrenoud, especialista em educação:

[Competência é a] capacidade de agir eficazmente em um determinado tipo de situação, apoiada em conhecimentos, mas sem limitar-se a eles.

(Construir as competências desde a escola. Porto Alegre: Artmed, 1999. p. 7.)

Veja agora como o próprio Enem conceitua a expressão:

Competências são as modalidades estruturais da inteligência, ou melhor, ações e operações que utilizamos para estabelecer relações com e entre objetos, situações, fenômenos e pessoas que desejamos conhecer.

(Eixos cognitivos do Enem – Versão preliminar. Brasília: MEC/INEP, 2007. p. 18.)

As cinco competências avaliadas pelo Enem são estas:

I – Dominar a norma culta da língua portuguesa e fazer uso das linguagens matemática, artística e científica.
II – Construir e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para a compreensão de fenômenos naturais, de processos histórico-geográficos, da produção tecnológica e das manifestações artísticas.
III – Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informações representados de diferentes formas, para tomar decisões e enfrentar situações-problema.
IV – Relacionar informações, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponíveis em situações concretas para construir argumentação consistente.
V – Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos na escola para elaboração de propostas de intervenção solidária na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

Como se inscrever no Enem?

Para fazer a inscrição do Enem o candidato precisa acessar a página do participante, no endereço http://enem.inep.gov.br/participante, informar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e cadastrar uma senha que será utilizada em todos os acessos seguintes.

Após realizar o acesso, o site de inscrições do Enem 2017 exige que o candidato preencha alguns campos com dados pessoais, como nome completo, informações familiares e escolares. Além disso, também é necessário informar o número do documento de identidade, endereço residencial (rua, número, bairro, CEP, município e Estado), número de telefone e endereço de e-mail.

Onde e como acompanhar inscrição no Enem?

Para acompanhar a inscrição do Enem o estudante deverá acessar a página oficial do Exame, no portal do Inep. No ato da inscrição, o candidato cadastrou um e-mail válido, número de celular, documentos pessoais (RG e CPF), dados familiares, dados escolares, endereço residencial, além de escolher o município do local de prova do Enem. É essencial que todas as informações tenham sido preenchidas corretamente, visto que a organização entrará em contato sempre. Além disso, todos os dados também serão utilizados nos processos seletivos do MEC (Ministério da Educação) que o participante se inscrever.
Reforço a necessidade de usar informações verdadeiras e, principalmente no caso do email, anotar qual foi usado. Não é incomum que os candidatos se esqueçam do e-mail que usaram no ato da inscrição ou até mesmo se esqueçam da senha para acessar o correio eletrônico. Essas informações serão exigidas no ProUni (Programa Universidade para Todos), Sisu (Sistema de Seleção Unificada), Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) e Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica), programas que utilizarão as notas do Enem em seus processos de seleção.

Como imprimir boleto / GRU do Enem?

Quando falamos em imprimir o boleto do Enem, na verdade, estamos falando do GRU – Guia de Recolhimento da União. O “boleto” é gerado automaticamente na página de inscrição. Os estudantes podem imprimir o boleto do Enem logo após terminar a inscrição no site, ou em outro momento, desde que dentro do limite do período de inscrições. Portanto, para gerar a taxa de inscrição, o estudante deve acessar a página do participante. Para isso, é preciso informar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e senha do Enem.
Depois do acesso à página, o candidato precisa apenas procurar e clicar na opção que disponibiliza gerar a GRU para o pagamento da taxa de inscrição. O documento é uma espécie de boleto bancário, com código de barras, valor e data de vencimento.

Onde efetuar o pagamento da taxa de inscrição do Enem?

O pagamento do boleto do Enem pode ser realizado em qualquer agência bancária ou casas lotéricas, exclusivamente dentro do prazo que será determinado em edital. A data limite é geralmente o quinto dia após o término do período de inscrição. Caso o candidato não pague, automaticamente, estará desclassificado. No entanto, o valor quando pago, não será devolvido ao participante em hipótese alguma, a menos que a edição seja cancelada pela organização.

Como Recuperar Senha do Enem

Para recuperar a senha de acesso à página do Enem você precisa acessar a página do participante, no site oficial e clicar no link de apoio. Ali, logo na parte de baixo, deve-se clicar no link de apoio “Esqueci minha senha”. Siga o passo a passo:
Informe o CPF (Cadastro de Pessoa Física), data de nascimento, nome da mãe (caso tenha cadastrado), Estado e município de residência. em seguida, cadastre uma nova senha tomando o cuidado de não deixar a tecla Caps Lock ativada. Por fim, confirme a alteração na senha.

Local de Provas do Enem

Aproximadamente um mês antes da prova já estará disponível na internet o cartão de confirmação de inscrição do Enem. Para acessá-lo, o candidato precisa acessar a página do participante, no portal do Inep, no mesmo endereço onde realizou sua inscrição. No cartão há o endereço completo com o nome da instituição de ensino onde o estudante realizará a prova, dentro do município escolhido por ele próprio no ato de sua inscrição. Além disso, o cartão também possui: nome completo; número de inscrição; hora e data do Enem, indicação de atendimento diferenciado e/ou específico (se for o caso) e opção de língua estrangeira escolhida pelo participante (inglês ou espanhol). Ele não precisa ser apresentado, mas é necessário levar um documento com foto recente. Pode ser CNH (Carteira Nacional de Habilitação), RG, Passaporte, Carteira de Trabalho (emitida após 27 de janeiro de 1997), Certificado de Dispensa de Incorporação ou também Certificado de Reservista.

Redação do Enem ➝ Como fazer uma redação dissertativa?

Uma das dificuldades de muitos candidatos é a prova de redação. Não conhecer a estrutura, não saber qual o tema a ser desenvolvido, não ter nenhuma ideia para a proposta de intervenção são apenas algumas dúvidas que pairam na cabeça dos candidatos no tempo quer antecede a prova.

A redação do Enem não é, no entanto, surpresa para ninguém. Todos sabem que é uma redação dissertativa e que deve apresentar uma proposta de intervenção, ou seja, possíveis caminhos para solucionar o problema. Além disso, todo candidato deve saber que a redação será avaliada levando-se em conta cinco critérios:

Demonstrar domínio da modalidade formal da língua escrita. 2) Adequação ao tema e à forma. Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo argumentativo em prosa. 3) Argumentação e Coerência. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 4) Coesão. Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 5) Proposta de resolução. Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Se você quiser aprender a fazer um texto dissertativo nota 1000, dá uma olhada nesse ebook grátis que achei para vocês clicando no botão abaixo.

O curso Missão Enem vale a pena?

Enem

Uma das perguntas que mais ouço depois das aulas comunitárias que dou num cursinho para população carente na minha cidade é se os cursos que menciono nas aulas realmente funcionam e se vale a pena comprar e estudar pela internet. Bem, eu sou um apaixonado por essa ferramenta educativa chamada internet. Acho temeroso quando as pessoas, por medo de não saber usar, acabam afirmando que a internet atrapalha, que acabará com as escolas. Realmente acho que o professor tem papel fundamental e que o estudo em grupo ajuda na socialização. Mas a internet pra mim é hoje o que há de mais eficaz por vários motivos. Não só existe a possibilidade de estudar com professores que, presencialmente seria impossível, como também a gama de networking que se pode fazer.

Bem, um dos cursos de que falo e que realmente vale o investimento é o Missão Enem, da Débora Ribs. Este artigo, embora já longo na introdução, é para falar se vale mesmo a pena comprar o ebook Segredos Da Redação Perfeita Do Enem.

→ Veja agora o site oficial do Missão Enem

Vale a pena comprar o Missão Enem

Segredos Da Redação Perfeita Missão Enem É Bom Funciona Segredos do Enem Lucas MarquesA resposta, definitivamente, é SIM. O curso da Débora Ribs é o melhor curso específico de redação que eu conheço. Você pode falar de outros que são populares e feitos por pessoas famosinhas no Instagram, no Youtube, mas a verdade é que  rola mais marketing do que conteúdo. Preciso, porém dizer que o curso da Débora tem um senão, um defeito (na opinião de alguns): não oferece correção de redação.

Tirando isso, o curso é eficaz para quem deseja aumentar sua nota na redação do Enem mesmo que nunca tenha tido intimidade com a folha em branco na sua frente. Tenho vários alunos que compraram como complemento às aulas particulares que dou e fizeram isso porque entendiam que valia o investimento num método passo a passo que ajudasse a colocar no papel aquilo que eles tinham na cabeça. eu incentivo isso porque não tenho medo de perder alunos. pelo contrário, uso minha autoridade na párea para fazer esse processo de curadoria de cursos e ajudá-los  a encontrar aqueles que funcionam melhor para o perfil de estudante que apresentam.

Mas eu não digo que o curso Segredos da redação perfeita do Enem vale a apena baseado apenas no que vi e ouço dos meus alunos. Na página do Missão Enem há alguns testemunhos bastante verdadeiros sobre o curso da Débora Ribs. Veja alguns deles no tópico abaixo.

 

Depoimentos sobre o Missão Enem

Eu printei alguns dos depoimentos do curso Missão Enem e coloco abaixo para que você veja a alegria daqueles que aprenderam a fazer um texto nota 1000 com a Débora e, por isso, hoje são acadêmicos, muitos em faculdades federais.

Segredos Da Redação Perfeita Missão Enem É Bom Funciona Segredos do Enem Lucas Marques

 

Segredos Da Redação Perfeita Missão Enem É Bom Funciona Segredos do Enem Lucas Marques

 

 

Como Comprar o Missão Enem

Já escrevi aqui no site sobre o Missão Enem. Se você ainda não viu, leia o artigo em que respondo a pergunta “o Missão Enem é confiável?” e também o outro em que mostro todos os detalhes a respeito do curso (clique aqui para ler).  Seguramente é o melhor curso na relação custo/benefício.

Segredos Da Redação Perfeita Missão Enem É Bom Funciona Segredos do Enem Lucas Marques Segredos Da Redação Perfeita Missão Enem É Bom Funciona Segredos do Enem Lucas Marques

Para adquirir, você precisa entrar na página do site oficial e preencher com seus dados para que, em instantes, receba seu acesso ao ebook Segredos da Redação Perfeita do Enem e todos os outros bônus que a plataforma tem.

 

O curso Missão Enem é confiável?

Enem

Qualquer pessoa que tenha acessado nosso site sabe bem o quanto eu julgo como bom o curso Segredos da Redação Perfeita no Enem, da Débora Ribns. Acontece que alguns alunos escreveram pela página de contatos perguntando se realmente o curso Missão Enem é bom. Este artigo é para responder isso e mostrar caminhos para fazer um bom texto na redação do Enem. Caso não tenha lido o review que escrevi sobre o Missão Enem, clique aqui.

 

O curso Missão Enem é confiável?

 

 

Para responder essa pergunta quero mostrar para vocês a pesquisa que fiz e que você poderia fazer para conferir a veracidade de tudo aqui. Busquei no Google pela expressão reclame aqui Missão Enem e fui direto ao site do Reclame Aqui (veja você mesmo aqui).

A imagem fala por si só. Não existem reclamações sobre o curso. É claro que sempre haverá quem não se adapte ao programa, mas a página de suporte do curso oferece respostas a todos os questionamentos que possam ser feitos. Antes de continuar, veja o print que tirei lá da minha pesquisa.

 

 

Com o eu disse, o Missão Enem é confiável porque entrega tudo que promete em seu site oficial. Você terá acesso não só ao ebook Segredos Da Redação Perfeita como também a diversos bônus que agregam muito valor aos seus estudos. A Débora (quase) literalmente pega você pela mão e te leva rumo à nota 1000 na redação do Enem.

 

 

Bem, diante de tudo isso que eu disse, ficam ainda algumas questões para que você verdadeiramente se decida. Você não quer aumentar a sua nota da redação consideravelmente? Não quer ser aprovado numa faculdade e ainda conseguir uma boa bolsa por causa da sua nota?

Veja então como comprar o Missão Enem.

Como comprar o Missão Enem da Débora Ribs?

A primeira questão que vem à cabeça de qualquer pessoa que vai adquirir algo pela internet é: a compra é  segura?

Essa é a primeira pergunta que vêm à nossa cabeça diante de qualquer oferta na internet. É seguro? Esta empresa é séria ou alguém querendo me dar um golpe? Pesquisei um pouco sobre o Missão Enem, e vi que este projeto da Débora é bem grande. Tem página no Facebook, Site, e vídeos do Youtube. Lá embaixo na página tem o CNPJ da empresa. Caso queira conferir essas informações, todas estão aí no órgãos legais.

Na página de vendas, tudo ok também. Quando vejo as opções de compra, fico tranquilo pois os métodos de pagamento são os mesmos que grandes lojas como Americanas, Ponto Frio e outras usam.

→ Página de compras do curso Segredos da Redação Perfeita do Enem

Além disso, o Missão Enem é vendido pela plataforma Eduzz. Esta é uma empresa famosa que vende produtos digitais. Pesquise, caso queira, por “Eduzz”, mas posso garantir que seus dados estão seguros com esta empresa.

Abaixo você verá o preço do curso e as formas de pagamento. É tudo muito simples e,m como já disse noutro artigo, o Segredos da Redação Perfeita No Enem é o melhor curso de redação vendido atualmente.

 

→ CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A PÁGINA OFICIAL DO CURSO ←